Ex-funcionário do BB é preso por estuprar as filhas em Piracuruca

A Polícia Civil do Estado Piauí deflagrou na manhã dessa sexta-feira (10) a operação "Indignus” e nove pessoas já foram presas acusadas pelo crime de estrupo. Entre os presos está um ex-funcionário do Banco do Brasil que foi preso em Piracuruca.

Ex-funcionário do BB Francisco Escórcio (de camisa listrada), Francisco Darlan (de camisa azual) e William Maguim (de blusa cinza)
A ação está sendo comandada pelo delegado Willame Moraes. O objetivo é cumprir 11 mandados de prisão contra pessoas acusadas do crime de estupro.

“O nome da operação, Indignus em latim significa desmerecedor de pena e de perdão, pois os crimes que praticaram foram contra a dignidade sexual.

Foram cumpridos onze mandados de prisão e nove pessoas foram presas por crime de estupro, que é um crime hediondo. As vítimas são do círculo íntimo do estuprador. São filhas, irmãs, sobrinhas. Agora eles vão cumprir pelo crime praticaram”, afirmou Willame.

Um ex-funcionário do Banco do Brasil, Francisco das Chagas Escórcio de Meneses, está entre os presos. "Temos 8 pessoas presas na capital e uma em Piracuruca, no interior, que foi um ex-funcionário do Banco do Brasil. Ele já tem sentença condenatória por ter estuprado as duas filhas. Ele foi preso há uns dois dias", explicou o delegado.

Foto: Divulgação/PCPI
DHPP identifica 

Leandro Silva (de blusa azul escuro), Ismael Silva(de blusa azul claro), Jesus James (de blusa verde) e Francisco Mesquita (de blusa vermelha)
A polícia divulgou o nome de quatro presos: Leandro da Silva Martins, Jesus James dos Santos Silva, Ismael da Silva, ex- policial militar de Parnaíba Francisco Carlos Mesquita de Morais, Francisco Darlan Sales e William Maguim.

Fonte: gp1.com.br

Notícias Relacionadas

Polícia 6972652286960644080

Arquivo de Notícia

Parceiros

item