Dra. Gabrielly Fontenele: Você já ouviu falar em fisioterapia pélvica?

 
Fisioterapia pélvica é uma especialidade da fisioterapia responsável por fortalecer o assoalho pélvico, evitando problemas causados pela perda de força naquela região, como incontinência urinária.

Mas, o que seria o assoalho pélvico?

Sabe quando a gente “prende” o xixi, pressionado os glúteos? Se você prestar atenção, este movimento contrai outro músculo, que está na região do períneo. O períneo, por sua vez, é a área entre a vagina e o ânus. O assoalho pélvico é um músculo parecido com uma rede, responsável por sustentar os órgãos pélvicos.

Durante a gravidez, à medida que o bebê cresce, vai sobrecarregando a musculatura da pelve. Com isso, a bexiga, coitada, vai ficando cada vez mais apertada, e menos resistente. Por isso fazemos xixi com tanta frequência quando estamos gestando. A fisioterapia pélvica ensina exercícios de fortalecimento e prevenção. Com o assoalho pélvico mais forte, a chance de ter bexiga baixa ou até uma laceração no parto vaginal é bem menor.

Outro momento da vida em que este tipo de fisioterapia é essencial é na menopausa. A redução do nível de hormônios na menopausa diminui o tônus muscular e pode provocar incontinência urinária, anorgasmia (não sentir prazer durante a relação sexual) e dor na relação sexual.

Benefícios da fisioterapia pélvica

No pré-parto:

Diminuição dos desconfortos lombares;

Melhora da capacidade respiratória;

Relaxamento muscular;

Revenção da diástase e das incontinências urinária e fecal.

No pós-parto:

Melhora a flacidez do períneo;
Fortalecimento da musculatura abdominal;
Evita dor durante a relação sexual;
Auxilia na retomada da vida sexual;
Prevenção e tratamento das incontinências urinária e fecal.
Aqui em Piracuruca tem uma profissional especializada nesta área pronta para lhe atender, marque uma avaliação.

Dra. Gabrielly Fontenele
217206-F
Crefito 14

(86) 9. 9959-9335

Notícias Relacionadas

Publicidade 6194712760848580410

Arquivo de Notícia

Parceiros

item