Vereadores de oposição em Piracuruca votam contra projeto que beneficia população


Na noite desta terça-feira (19/03), a Câmara de Vereadores de Piracuruca votou em sessão extraordinária o Projetos de Lei Complementar Nº 029/2019, que discutia sobre a prorrogação dos prazos para pagamento de débitos fiscais relativos ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) dos exercícios de 2017 e 2018.


A medida beneficia todo cidadão que tem débitos do IPTU, com até 100% de descontos nos juros e multas e com parcelamento do débito, além de permitir que os contribuintes inadimplentes tenham um prazo maior para quitar suas dívidas para com o município.

A prefeitura justificou que o parcelamento do IPTU, irá beneficiar toda população pois terão mais prazo para quitar os débitos com o município, e quitar valores em atraso de anos anteriores e reconhece que muito difícil na situação atual um cidadão pagar tudo de uma vez só.

O projeto foi posto em votação na Sessão Extraordinária, os vereadores Maria Torquata, Zé Batata, Pedro Lima, Sassá, Neto do Pronto Socorro e Alcides votaram a favor a Lei, os vereadores de oposição, Cerqueira Neto, Nonatinho da Cerâmica, Tayron Louro e Franklin Neto votaram contra o Projeto. Mesmo com a votação contrária dos vereadores oposicionistas, o Projeto que beneficia a população, proporcionando maneiras acessíveis para quitação de débitos do IPTU e ficarem adimplentes com o município, foi aprovada pela maioria dos parlamentares.

O Presidente da Câmara de Vereadores, Everaldo Gomes e o vereador Pedro Lima, falaram sobre a votação.



Notícias Relacionadas

Política 1034231275621519709

Publicidade


Arquivo de Notícia

Parceiros

item