Adolescentes confessam que incendiaram ônibus escolares em Piracuruca

Um delegado da Polícia Civil do Piauí confirmou a apreensão de adolescentes suspeitos de atearem fogo em ônibus escolares da cidade de Piracuruca, a 210 km de Teresina, fato ocorrido na manhã do dia 17 de novembro e que deixou dezenas de crianças sem transporte para irem às aulas. Uma equipe do Grupo Repressão ao Crime Organizada (Greco) esteve naquele município para cumprir sete mandados de busca e apreensão, durante a madrugada desta quinta-feira (29/11).

Incêndio destruiu cinco ônibus no estacionamento do Centro Integrado de Ensino Fundamental, unidade localizada no bairro Baixa da Ema, em Piracuruca.

A Delegacia Regional de Piripiri e delegados adjacentes auxiliaram os agentes do Greco na operação. Segundo o delegado, todos os autores do crime são menores, mas as idades não foram reveladas, ainda. O delegado, identificado por William, concedeu entrevista à TV Meio Norte, na manhã de hoje, confirmando a ação policial 12 dias após a ocorrência.

“Identificamos os autores. São menores de idade. Estão sendo ouvidos agora na presença do Conselho Tutelar. Inclusive, nós já temos imagens lá do criminoso. Nós já temos a confissão dos menores. Agora, teremos que solicitar a apreensão desses menores ao Poder Judiciário que, com certeza, tão logo, deve conceder a apreensão desses indivíduos que praticaram esse ato que prejudicou tanta gente”, explicou o delegado.

CINCO ÔNIBUS DESTRUÍDOS

O incêndio destruiu cinco ônibus no estacionamento do Centro Integrado de Ensino Fundamental (CIEF), unidade localizada no bairro Baixa da Ema, em Piracuruca. Desde o início das investigações, a Polícia Civil acreditava que a motivação teria sido criminosa. A frota era usada para transportar alunos da zona Rural e de todo o Centro da cidade.

Duas pessoas que estavam perto do local do crime conseguiram entrar em meio às chamas, dar a partida e manobrar pelo menos dois veículos da frota, afastando-os da área de risco. Raimundo Alves, prefeito de Piracuruca, avaliou os prejuízos e lamentou o ocorrido, já que o ano letivo ainda não chegou ao fim, o que prejudica várias crianças.

Fonte: www.oitomeia.com.br

Notícias Relacionadas

Policial 116963678969109174

Publicidade



Arquivo de Notícia

Parceiros

item