Desligamento do sinal analógico pode ser adiado por causa da Copa e eleições

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, afirmou nesta quarta-feira (23) que o desligamento do sinal analógico de TV pode ser adiado por causa da Copa e das eleições. 

Segundo Quadros, nos locais onde não for atingido o índice de 90% de residências aptas a receberem o sinal digital e o desligamento estiver programado para uma data muito próxima à Copa ou às eleições, o corte do sinal analógico deve ficar para depois desses eventos. 

"Se não deu 90% (de residências aptas a receber o sinal digital), não dá para desligar no meio da Copa. É meio arriscado", disse. 
O presidente da Anatel explicou que, normalmente, a agência pode estender em duas ou três semanas o prazo para o desligamento até que a cidade atinja o índice de 90%. Entretanto, para não não prejudicar a transmissão dos jogos da Copa e da propaganda eleitoral, esse prazo pode ser maior nessas cidades. 

"Se for passar por um período mais longo até atingir 90%, é preferível deixar pelo menos passar [a Copa ou as eleições]", explicou, o presidente da Anatel.

Fonte:https://www.clubenoticias.com

Notícias Relacionadas

Nacional 3541434963101907672

Publicidade



Arquivo de Notícia

Parceiros

item