Empresário é acusado de furtar animais na zona rural de Piracuruca

Na tarde desta segunda-feira (19/12), proprietários de animais furtados nas localidades Croatazeiras, Onça e Cacimba Nova, estiveram na delegacia de Piracuruca, para registrar o B.O. e resgatar os bodes.

Segundo informações das vítimas, os bodes que tinham marcas de propriedade, foram furtados no início da semana passada, e acusam o empresário conhecido como Danilo Brito de ter praticado o crime. Logo após o delito o acusado levou os animais para serem vendidos a uma senhora, que é conhecida pelos serviços de magarefe, outras pessoas que frequentavam o local, reconheceram os bodes e sabiam que eles tinham sido recentemente furtados, alertou a senhora e comunicou os donos.

O senhor Deri que é um dos proprietários dos animais, esteve na DP e estava bastante revoltado com o acontecido, "Eu tenho uma propriedade na região de Croatazeiras e crio bodes, o empresário Danilo Brito foi quem roubou essa criação", disse Deri.


A senhora que havia comprado os animais de Danilo Brito, falou da surpresa desagradável ao saber do problema que havia se metido, "Eu só descobri o acontecido porque um rapaz que conhecia os bichos me avisou, ai os donos vieram procurar e eu entreguei e disse toda a história, eu nunca imaginei que o Danilo fosse capaz disso, ele sempre levava uns animais pra minha casa pra matar, porco, carneiro, bode, meus filhos matam e eu trato os "fatos". Ele chegou com essas duas criações e disse que era pra matar, mas não hoje, no dia que ele quisesse viria avisar, enquanto isso eu engordava os bichos, mas nunca imaginei que ele pudesse fazer isso, um homem rico daquele não tem "precisão". Comprei essa cabra maior por R$ 300, e os bodinhos novos troquei por bode capado. Eu sou uma trabalhadora, o dinheiro que eu pego, eu compro animais para engordar e vender", afirmou.

Segundo ela, disse que ao saber de toda a ocorrência, foi até o armazém do empresário Danilo Brito, tomar satisfações, "Eu disse a ele, eu não vou pagar pelo o que eu não fiz, você vai assumir e vai me pagar as minhas cabras que eu comprei sua, ele disse que não iria pagar, que a culpa era minha por não ter tirado a marca dos bichos, ai eu me espantei, por que eu teria que tirar marca, se os bichos eram dele? Num tô pagando?", finalizou a senhora.

O delegado Hugo Alcântara esteve colhendo depoimento das vítimas e logo que realizasse o procedimento, iria acionar o acusado para prestar esclarecimentos.


O empresário Danilo Brito, no dia 10 de agosto deste ano, foi detido pela PRF na BR-343 e preso por porte ilegal de arma de fogo.


Matéria relacionada...
Empresário Danilo Brito envia carta com Direito de Respota a acusação, confira!

Notícias Relacionadas

Policial 4496444434520320135

Publicidade



Arquivo de Notícia

Parceiros

item