Em 3 dias, PRF flagra 217 veículos trafegando com excesso de velocidade no PI

A Polícia Rodoviária Federal divulgou nesta segunda-feira (14) o balanço parcial da Operação Proclamação da República, deflagrada para fiscalizar as infrações de trânsito cometidas nas rodovias piauienses durante o feriado prolongado. Da última sexta-feira (11), quando teve início a ação, até este domingo, 217 veículos já foram flagrados trafegando com excesso de velocidade, uma média de 72 por dia.

O dado, segundo a PRF é preocupante e mostra uma repetição dos problemas de mal comportamento dos motoristas, apesar do trabalho intenso de fiscalização. Mas não só a velocidade em excesso tem sido motivo de atenção especial da polícia neste feriado. Outra infração que chama a atenção pela frequência com que foi registrada nesses três dias é a ultrapassagem proibida: foram 77 flagras deste tipo de infração de sexta a domingo no Piauí. A PRF lembra que a ultrapassagem proibida é considerada a principal causa de mortes nas rodovias federais do Brasil.

E falando-se em óbitos, foi registrado um acidente com vítima fatal, ocorrido por volta da meia noite do domingo (13), no quilômetro 517 da BR-343, em Floriano, decorrente do atropelamento de um animal na pista. No total, a PRF já contabiliza 11 acidentes nos três de dias de Operação Proclamação da República.

Riscos
Ao todo, 2.671 pessoas e 1.482 veículos foram fiscalizados de sexta a domingo nas rodovias do Piauí em barreiras montadas pela PRF. Esses números resultaram em 1.095 autuações com 13 pessoas presas e 52 veículos retidos por trafegarem em situação irregular e oferecerem riscos aos outros motoristas.

E com relação ao oferecimento de riscos, a PRF chama a atenção para outro dado preocupante que diz respeito à embriaguez ao volante. No total, 37 pessoas foram flagradas conduzindo em sob efeito de álcool, o que acaba por reduzir os reflexos, a capacidade de reação motora, a noção de distância por parte do motorista, colocando sua vida e a de outras pessoas em risco. A PRF lembra que a mistura de álcool e direção é considerada infração gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro e resulta em multa de R$ 2.932,70. Em caso de reincidência no período de 12 meses, o valor será dobrado para R$ 5.869,40.

Conduzir motocicleta sem o uso do capacete também foi outra infração registrada com frequência pela PRF durante os três primeiros dias do feriado. 70 pessoas foram flagradas conduzindo nestas condições, principalmente em municípios do interior do Estado. “Essa é uma infração gravíssima que resulta em sete pontos na carteira e multa de R$ 293,75 e mesmo assim as pessoas insistem em cometer o mesmo erro”, diz o inspetor Fabrício Loiola.

A Operação Proclamação da República continua até o final desta terça-feira (15) e a PRF orienta os motoristas a planejar a volta para casa no sentido de evitar pressa que leve ao excesso de velocidade, ultrapassagens proibidas e, consequentemente, os acidentes nas estradas.

Fonte: www.portalodia.com

Notícias Relacionadas

Piauí 9096741782561031967

Publicidade



Arquivo de Notícia

Parceiros

item