Agentes flagram"mapa de fuga" durante vistoria em presídio de Esperantina

Uma vistoria realizada na penitenciária Luiz Gonzaga Rabelo em Esperantina surpreendeu agentes e policiais que participaram da ação. Um mapa minucioso da estrutura da penitenciária feito a mão, mostrava os pontos de fuga que poderiam ser usados pelos bandidos em um motim. A apreensão ocorreu junto com o flagrante de 73 barras de ferro, dois pedaços de serra, seis baterias, 30 pilhas, dois chips, dois celulares, 100 gramas de maconha e 140 comprimidos de Rupinol.

A vistoria, realizada da manhã desta quinta-feira (17) resultou após o motim registrado na penitenciária na última terça-feira (15). Na ocasião os detentos quebraram grades e confeccionaram as armas que foram encontradas na fiscalização. A ação teve a participação de agentes penitenciários de várias unidades, gerência, coordenação de disciplina e apoio da DIPE e Força Tática do município.

"O mapa é marcado com canetas e mostra a estrutura minuciosamente. Acreditamos que ele tenha sido feito em parceria entre visitantes e internos. Até ex-presidiários podem estar envolvidos pois o mapa mostra onde teriam pontos de fuga", explicou Kleyton Holanda do Sinpoljuspi.

Ainda segundo Kleyton, o mapa reforça o alerta para os problemas relacionados a investimento que precisam ser feito no local. "O presídio se lá passa por diversos problemas, não só de estrutura mas de segurança dos trabalhadores. Poderia ter acontecido uma fuga em massa, mas felizmente conseguimos evitar", completou Kleyton.

Nesta quarta-feira (16), o sindicato encaminhou ofício ao Governador Wellington Dias onde ameaça paralisação caso as reivindicações acordadas com o Governo não sejam atendidas a tempo da última assembleia que acontece no próximo dia 29 de novembro.

Fonte: www.cidadeverde.com

Notícias Relacionadas

Policial 4800034364818497406

Publicidade



Arquivo de Notícia

Parceiros

item