Petrobras adota nova política e reduz preços do diesel e gasolina

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (14/10), uma nova política de preços no mercado interno brasileiro, que significará uma queda imediata, mas que também busca alinhar-se aos mercados para dar mais “transparência” à empresa, atingida por escândalos.
A medida, com vigência imediata, representa uma redução de 2,7% no preço do diesel e de 3,2% no da gasolina nas refinarias.

Se essa redução for repassada integralmente ao consumidor, haverá uma redução nos postos de gasolina de 1,8% para o diesel e de 1,4% para a gasolina.

A Petrobras pretende assim adotar “uma política mais clara”, que “sem dúvida nenhuma vai dar uma transparência maior e vai ser vista muito bem não apenas pelo mercado, pelos consumidores”, disse o presidente da companhia, Pedro Parente, em coletiva de imprensa.

Segundo Jorge Celestino, diretor do departamento de Refinado e Gás Natural, a decisão foi tomada a fim de dar uma maior agilidade e contribuir para atrair sócios para este setor.

A medida também se trata de uma resposta às críticas pela defasagem dos preços do mercado internacional -onde o barril perdeu a metade de seu valor nos últimos dois anos- e os que continuaram a ser aplicados no Brasil.

Até agora, os reajustes de preços eram feitos sem uma periodicidade definida, em função das avaliações sobre a evolução do mercado no médio e no longo prazo, e dependiam exclusivamente da direção-executiva da empresa.

Daqui para frente, a avaliação será feita mensalmente, em função das variações das cotações internacionais, e a decisão sobre aumentos, reduções ou manutenção dos preços ficará a cargo de um grupo integrado pelo presidente, o diretor da área de refino e o diretor financeiro e de relações com os investidores da Petrobras.

Fonte: Terra

Notícias Relacionadas

Nacional 4920200733817502750

Publicidade



Arquivo de Notícia

Parceiros

item