Gêmeos acusados de tráfico de drogas em Piracuruca prestam depoimento em Piripiri

Na tarde de sábado (12/03), a Polícia Civil e a Força Tática, conduziram  Clesio da Silva Cruz Filho, vulgo "Negão", os gêmeos Helber Rafael de Oliveira Messisas, vulgo "Bin" e Helder Daniel de Oliveira Messis, vulgo "Dan", foram encaminhados até a delegacia de Piripiri onde está em andamento o processo judicial, contra eles pesam os crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico, falsidade ideológica.

O curioso de toda a ocorrência é que se trata de três elementos gêmeos, Helder e Helber, assim como o Clesio, vulgo "Negão", que tem como irmão gêmeo Cleber, este último foi mais uma vítima do próprio irmão, "Negão" utilizava a identidade do irmão para dificultar seu reconhecimento.

Após descobrirem a verdadeira identidade de Clesio "Negão", a polícia constatou que o elemento é foragido de uma penitenciária de Teresina, após receber o induto de natal, não retornou para o presídio.


Outros dois acusados de envolvimento na quadrilha, o sujeito conhecido como "Índio" e a namorada do "Negão", foram liberados após as autoridades não visualizarem indícios que incriminem os dois.

Notícias Relacionadas

Policial 1929632984301561928

Publicidade



Arquivo de Notícia

Parceiros

item