Galões de água mineral vencidos viram problema para vendedores e compradores

Sem saber quem são os responsáveis pela destinação dos galões de água mineral com prazo de validade vencido, os distribuidores estão estocando um problema em seus estabelecimentos. Depois da publicação de uma portaria do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), do Ministério de Minas e Energia, determina que garrafões retornáveis de 10 e 20 litros com mais de três anos de fabricação sejam recolhidos e inutilizados.

Os varejistas alegam que estão sendo onerados sozinhos no gerenciamento dos vasilhames, já que as indústrias não aceitam o retorno dos garrafões. Além disso, os catadores de recicláveis se interessam pouco pelo produto e o resultado são pilhas de embalagens plásticas, muitas vezes armazenadas precariamente. 

Não existe uma regulamentação específica sobre a destinação das embalagens retornáveis de água mineral, por isso as empresas – indústria e distribuidores – são orientados a seguir as normas de gerenciamento de resíduos sólidos estabelecidas pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama).

Para o consumidor é importante também se atentar a data de validade do garrafão visto que muitos comércios já não recebem mais fora do prazo de validade. 

Notícias Relacionadas

Nacional 8861318233931555300

Publicidade

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item