Acusado de matar travesti é absolvido pela Justiça

O jornalista e ex-professor universitário Luís Augusto Antunes, acusado de assassinar a travesti Makelly Castro em 2014, foi absolvido por 4 votos a 3 em julgamento que terminou na noite desta quinta-feira (5, no prédio do Tribunal de Justiça. 

O julgamento foi presidido pela juíza Maria Zilmar Coutinho. Seis homens e uma mulher formaram o Conselho de Sentença. 

O promotor Ubiraci Rocha afirmou ao que o Conselho de Sentença reconheceu o acusado como autor do delito, mas mesmo assim resolveu absolvê-lo por 4 votos a 3 pelo homicídio qualificado. 

'Isso demonstra infelizmente o preconceito à condição da vítima por ser travesti', disse Rocha. 

Fica a critério do Tribunal de Justiça para decidir se haverá um novo julgamento do caso. 

Durante a manhã foram ouvidas as testemunhas arroladas pelo Ministério Público. Luís Augusto Antunes é suspeito de ter tentado matar uma travesti no mesmo período em que aconteceu o crime contra Makelly Castro. A defesa do jornalista alegou que o réu não cometeu o crime e que ele somente foi preso pelo fato de ser negro.

Fonte: https://www.meionorte.com

Notícias Relacionadas

Policial 5122107450914162526

Publicidade

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item