Prefeito de Piracuruca tem reunião emergencial com Diretor da Agespisa para cobrar ações quanto à falta de água

Após reclamações dos moradores de falta de água nos bairros de Piracuruca, o prefeito Raimundo Alves em caráter de urgência entrou em contato com a Companhia de Água e Esgotos do Piauí (AGESPISA) em Teresina, nesta sexta-feira (15/09) e na ocasião o Diretor de Operações, José Maria, atendeu o prefeito, que cobrou ações a fim de sanar os problemas dos moradores.

O prefeito esteve acompanhado do Deputado Federal, Júlio César, que reforçou o pedido para que esse problema da falta d'água seja resolvido o mais rápido possível.

Na reunião o Diretor de Operações da Agespisa, José Maria, informou que o problema maior é na logística da aquisição de uma nova bomba do mesmo modelo que opera em Piracuruca, já que o equipamento não é encontrado no Piauí, acrescentou, quando uma bomba deste porte sofre um problema, como a queima, o equipamento retorna para Teresina para ser recondicionado e após um prazo de 3 dias retorna para operar na cidade.

Foi informado que de forma emergencial, enquanto uma nova bomba não é instalada, um equipamento de menor capacidade estará operando, a distribuição de água deverá ser liberada diariamente, após a Central atingir a capacidade máxima.


“Não é atribuição nossa resolver os problemas operacionais da Agespisa, mas como gestor da cidade, vim exigir que os direitos dos piracuruquenses seja respeitado. A prioridade agora, é colocar água na torneira da nossa população, que não pode pagar a conta e não receber água em casa", afirmou o prefeito.

Notícias Relacionadas

Piauí 2595326690235330066

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item