Fogo se alastra pela margem na PI-110 e põe em risco o Parque Ambiental e residências em Piracuruca.

No final da tarde desta sexta-feira (22/09), mais uma cena lamentável pôde ser observada nas margens da PI-110, no município de Piracuruca, queimadas criminosas que estão sendo frequentemente praticadas no município, ameaçado residências e o Parque Ambiental.

O fogo está se alastrando pela mata seca, sendo conduzido pelo vento, que neste período do ano é o retrato da região. Uma simples bituca de cigarro pode ter dado início a queimada.

O vigilante do Parque Ambiental, "Zequinha Sitó", foi a primeira pessoa a avistar o início da queimada e tentou impedir que o fogo se alastrasse, usando o próprio fogo de forma controlada para tentar minar os focos de incêndio, "Todos os anos neste período, acaba acontecendo este crime, ninguém sabe quem são as pessoas que colocam fogo na mata. Comuniquei ao Secretário de Meio Ambiente, Manoel Filho, para que ele tomasse conhecimento do que esta ocorrendo, ele acionou outra pessoa para me ajudar a tentar controlar este fogo, que está se alastrando. É triste a gente presenciar uma situação dessa", disse "Zequinha".

O Secretário Manoel Filho, teme que o fogo se torne incontrolável, e pede apoio da população, "Fui informado pelo vigia, sobre essa queimada e a gente vem pedir a população que evite praticar queimadas, principalmente nesta época do ano, a mata seca como se encontra, é um combustível para o fogo se alastrar e facilmente causar uma tragédia. Fagulhas estão caindo na outra margem, onde compreende toda extensão do Parque Ambiental, podendo se espalhar atingindo as residências próximas. Solicitamos ao Secretário de Agricultura, Neto do Bebé, a presença do carro Pipa, para tentar apagar este foco", informou o secretário.

Notícias Relacionadas

Piracuruca 1939016847787355100

Publicidade

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item