Programa Profissão Repórter mostra situação precária de presídios no Piauí

O programa Profissão Repórter, da Rede Globo, que foi ao ar na noite desta quarta-feira (07/06) mostrou a situação precária e condições de detentos em vários presídios pelo Brasil.

Repórter teve acesso aos dententos pelo matagal
Entre os que foram apresentados estão as Penitenciárias do Piauí Colônia Agrícola Major Cezar, no município de Altos, e o presídio da cidade de Esperantina. O repórter chegou a entrar pelo matagal e teve acesso aos detentos, que disseram que é comum que alguns até fujam.

O programa mostrou primeiro a situação dos detentos da Major Cezar, que vivem  com pouca higiene e em celas escuras e molhadas. O repórter Estevam Muniz mostrou que os presidiários tomam café em sacos plásticos e que a saúde deles está sempre em risco.

Repórter entrevistou envolvidos com a situação carcerária no Piauí
No segundo bloco o programa foi a Penitenciária de Esperantina, a duas horas de Teresina, onde mostrou que a capacidade do presidio é de 157, mas está com 372, além de destacar que apenas 5 agentes penitenciários fazem a segurança do presídio.

Mas o destaque da reportagem foi para um surto de sarna que se alastra pelo presídio, que já atingiu 150 detentos, além do próprio diretor. O repórter também mostrou a sujeira e a falta de atenção aos detentos contaminado com a doença.


Fonte: www.oitomeia.com.br | www.g1.globo.com

Notícias Relacionadas

Piauí 8426504187097848293

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item