Polícia Militar recaptura elemento perigoso que fugiu de viatura algemado e mais 2 comparsas

Na tarde desta quarta-feira (07/06), a Polícia Militar através de denúncia anônima, conseguiu recapturar o foragido da justiça, Melque Suel da Rocha Silva (24 anos).

O elemento de alta periculosidade foi detido em Piracuruca, no bairro Guarani, estava recebendo auxílio de uma mulher identificada como, Edinalda Amorim da Trindade (27 anos), mais conhecida como "Naldinha", Melque estava escondido juntamente com o elemento Robert Antunes Gabriel (19 anos), mais conhecido como "Lourinho".

Após receber uma denúncia anônima, uma guarnição da PM comandada pelo cabo Timóteo, vinha monitorando a movimentação de pessoas no bairro Guarani, após constatar que Melqui estava recebendo apoio de uma moradora no bairro, foi até ao local informado, "Naldinha" atendeu os PM's e disse que não havia ninguém em casa, a polícia verificou uma agitação no interior da residência e constatou a informação, Melqui estava escondido de baixo de uma cama e o "Lourinho" estava atrás de um guarda roupa.

Os três foram detidos e conduzidos a delegacia, Melqui conseguiu fugir de dentro de uma viatura da polícia civil algemado, quando estava sendo transferido para a penitenciária em Esperantina, no dia 05 de maio deste ano"Lourinho" é conhecido por pratica de assaltos em Piracuruca. "Naldinha" será enquadrada nos artigos 348 e 349 do código penal, auxiliou e deu abrigo a um criminoso.

O caso da fuga do elemento Melqui, ganhou grande repercussão na mídia, devido a forma que conseguiu executar tamanha façanha. Desde que o elemento se encontrava foragido, vários crimes como assalto e arrombamento tinham voltado a acontecer em Piracuruca, muitos relatos de vítimas informavam que eram dois marginais em uma moto CG Fan, na cor preta.

Uma moto modelo CG Fan, de cor preta, com placa de Timon/MA, registro que estava bastante danificado, estava na garagem da residência onde os elementos foram capturados, o veículo foi recolhido para o pátio da delegacia.

As autoridades solicitam a quem tiver sido vítima de qualquer ação criminosa no município, que acione a Companhia de Polícia Militar e compareça a delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência, agilizando o processo judicial destes crimes.

Ligue para polícia:

Notícias Relacionadas

Policial 8781562101582171691

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item