Ataque de Hackers afeta agências do INSS e empresa de call center no Piauí

O ciberataque em larga escala que atingiu mais de 70 países na última sexta-feira (12) ainda tem reflexos no Piauí. Nesta segunda-feira, a empresa de call center de Teresina Vikstar ainda operava com dificuldades. Segundo a reportagem, a empresa está trabalhando para resolver o problema, no entanto, sem previsão para os serviços afetados voltarem ao normal. Até o fechamento da matéria, a Vikstar ainda não tinha se posicionado oficialmente sobre o caso.

No INSS, houve problemas na Agência Teresina Leste, localizada na avenida João XXII, e na unidade de Floriano. Em Teresina foram cinco computadores infectados, já em Floriano foram sete. De acordo com a assessoria do órgão no estado, as máquinas foram tiradas de rede e substituídas . Não houve prejuízo no atendimento.

Em comunicado nacional, o INSS informou que o sistema não foi infectado, no entanto, pode ocorrer "atrasos pontuais no atendimento das agências". Ainda de acordo com o órgão, nenhuma informação de contribuintes foi acessada pelos hackers.

No Ministério Público Estadual (MPE) o sistema voltou ao normal ainda no sábado. O site chegou a ser retirado do ar, mas a instituição garante que nenhum computador foi afetado, por tanto, sem prejuízos.

Já no Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), o sistema retornou pontualmente às 9h de hoje após ter sido desligado preventivamente. "A gente isolou o sistema e no final de semana fizemos a atualização que a Microsoft orientou", disse Assis Campos, do departamento de tecnologia do TJ.

Segundo ele, o sistema opera normalmente, sem nenhum risco. Ficaram do ar no fim de semana os serviços: Themis, Correição, Portal do Advogado, Consulta Pública do Themis e SEI.

Fonte: www.cidadeverde.com

Notícias Relacionadas

Piauí 134030905015688978

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item