Alunas de escola particular de Teresina denunciam professor por abuso sexual

Luana Alves, Delegada titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA)
Cinco alunas de uma escola particular de Teresina registraram Boletim de Ocorrência contra um professor que estaria abusando sexualmente das estudantes. As meninas, acompanhadas dos pais, denunciaram o caso nesta terça-feira (16) à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

A advogada de uma das alunas relatou que os abusos ocorriam nos corredores da escola. O professor, que ministra aulas de Física, apalpava o corpo das estudantes.  

"As alunas contam que o professor chegou a pegar em seus seios, coxas e nas suas partes íntimas. O professor fazia os toques com a mão e também com a ajuda de um apagador de lousa", relata a advogada Larissa Martins. 

Um das alunas supostamente assediadas contou que, ainda na manhã desta terça-feira (16/05), o professor a assediou.

"Ele apalpou o meu seio e depois saiu pelo corredor como se nada tivesse acontecido", relembra a estudante. Os assédios, segundo as estudantes, acontecem há pelo menos um mês. 

As alunas assediadas têm idade entre 15 e 16 anos e são todas alunas do 1º ano do Ensino Médio.  Elas foram à DPCA ainda fardadas com o uniforme da escola e estavam assustadas com os abusos do professor. Durante os registros dos Boletins de Ocorrência parte delas chegou a chorar. 

Após a denúncia, as alunas foram encaminhadas para serem submetidas a exames no Serviço de Atendimento à Vítimas de Violência Sexuais (Samvis).

Fonte: www.cidadeverde.com

Notícias Relacionadas

Policial 1517291841389841949

Publicidade

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item