PRF registra dois acidentes de trânsito no mesmo trecho da BR-343; Dois cocalenses faleceram em um dos acidentes

No inicio da tarde deste sábado (01/04), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou dois acidentes de trânsito distintos, envolvendo dois carros, após os seus respectivos condutores perderem o controle da direção depois de uma curva localizada na altura do KM-70, da BR-343, trecho que compreende o município de Buriti dos Lopes e a Placa de Cocal, região Norte do Estado do Piauí. 

No primeiro acidente os dois ocupantes do veiculo saíram praticamente ilesos, enquanto no segundo resultou em duas vitimas fatais. No momento do sinistro chovia muito na região e a pista estava bastante molhada e escorregadia. Ambos os veículos trafegavam sentido Parnaíba/Teresina.

O primeiro automóvel envolvido no registro trata-se Fiat Linea, ano/modelo 2008/2009, de cor preta, com placas de Cocal-PI. O casal (marido e mulher) que ocupava o carro são moradores de Teresina-PI. Eles saíram praticamente ilesos. O motorista perdeu o controle do veiculo, invadiu a contramão e foi parar a quase 50 metros terreno a dentro. Os cônjuges foram socorridos por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Cocal e encaminhados para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde em Parnaíba. 

Antes da chegada do Samu as vitimas aguardavam por socorro no acostamento da via quando presenciaram o outro acidente. No qual o condutor de um automóvel Fiat Pálio Attractive, ano/modelo 2013, de cor preta, com placas de Cocal-PI, aparentemente também perdeu o controle da direção na curva, vindo a capotar várias vezes, descendo violentamente uma ribanceira as margens da estrada, onde veio parar com os pneus para cima apoiado com o teto no chão em uma poça d'água. O carro teve perca total.

O Fiat Pálio era conduzido pelo vigilante do Banco do Brasil de Cocal, Eudezio Pereira Veras, de 49 anos, tendo como passageiro o dono do carro, o músico José Filho Neto Rodrigues, conhecido popularmente como "Neto Caju" ou Netão do "Caju Azedo", de 41 anos. Os dois vieram a óbito no local.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros comandada pelo Major Rivelino teve muito trabalho para remover os corpos do interior do veiculo, principalmente o de Eudezio que ficou preso as ferragens e teve a face totalmente esfacelada. 

O Instituto Médico Legal (IML) e a Pericia Criminal também atenderam a ocorrência e realizaram os trabalhos de praxe. Na sequência eles removeram os cadáveres para o posto avançado do IML em Parnaíba.

 
 
Fonte: www.coveirinho.blogspot.com.br

Notícias Relacionadas

Piauí 3011980954133295681

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item