Polícia Militar de Piracuruca apreende motocicletas e aplica multas em blitz

Na noite desta terça-feira (18/04), a Polícia Militar realizou uma blitz na Av. Coronel Pedro de Brito, em frente a 5ª Companhia, ao todo 10 policiais militares estiveram escalados na operação, que resultou na apreensão de 7 motos sem documentação e placa, 3 condutores multados pela falta do uso do capacete e 1 pessoa foi presa por desacato e direção perigosa.

O homem que foi detido, tentou se evadir do local, mas foi interceptado, começou a desacatar a autoridade, que ordenou que fosse vistoriado pela blitz que estava sendo realizada, neste momento ele tentou avançar sobre o policial com sua moto, após perder o juízo, teve a prisão efetuada por desacato e direção perigosa.

O comandante da 5ª CIA, capitão Alexandre Augusto, falou sobre a execução desta blitz em Piracuruca, "Estamos cumprindo o nosso papel constitucional, prestar o serviço de segurança pública aos piracuruquenses e estamos aqui para manter a ordem, desta maneira intensificamos estas ações de blitz, para coibir não só a questão de porte ilegal de armas, drogas, como também as motos que estão sem placas e que estão há muito tempo atrasadas, questões referentes a infrações administrativas de trânsito. A PM está fazendo seu papel, iremos intensificar cada dia mais essas blitz, para que o cidadão possa usufruir de um trânsito tranquilo, como reza nosso código de trânsito".

Recepção Popular sobre a ação policial
"Infelizmente ainda muita gente tem a cultura do contra ser fiscalizado, mas a Polícia Militar através da 5ª CIA do 12º Batalhão, está fazendo o seu papel de prestar a segurança pública, também na questão referente ao trânsito. Muita gente abordada inicia um diálogo com a autoridade policial, informando que não é criminoso; ao abordar um condutor que esteja irregular, nossa intensão não é incriminar ninguém, é alertar e punir uma contravenção ao código de Trânsito Brasileiro", afirmou o comandante.

Combate a utilização de Redes Sociais como desserviço público
"A pessoa que avisa blitz, seja pessoalmente durante o tráfego ou principalmente pelas redes sociais, além de está fazendo mal para ela mesma, está contra toda a sociedade, pois é através dessas blitz que podemos pegar armas, drogas, outros crimes que possam ser praticados. A conduta de espalhar informações referentes a blitz, é crime e está capitulado em nosso código penal, é um atentado contra o serviço público e estamos monitorando estes contraventores, para coibir estes ilícitos", finalizou o capitão

Notícias Relacionadas

Policial 5078250919209218453

Publicidade

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item