Hospital Regional Chagas Rodrigues em Piripiri faz esclarecimento sobre polêmica envolvendo internauta

Após polêmica envolvendo postagem em redes sociais de um internauta piripiriense, que se mostrou indignado com o tratamento recebido no Hospital Regional Chagas Rodrigues, na noite da última segunda-feira (03/04), a diretoria do HRCR, na pessoa de Nádia Costa, enviou a nossa redação um nota de esclarecimento a respeito do ocorrido.

Nota de Esclarecimento
"A diretora do Hospital Regional Chagas Rodrigues (HRCR), Nádia Costa, por meio da assessoria do referido hospital, fez contato com a redação do site Piracuruca ao Vivo, esclarecendo sobre matéria publicada por esse veículo, com o título "Sem atendimento médico em Piripiri cidadãos procuram Piracuruca pelo excelente serviço prestado".

Primeiro: de acordo com a diretora, a matéria é no mínimo controversa ao afirmar que "há tempo que o Hospital Regional Chagas Rodrigues não vem oferecendo um atendimento médico que atraia elogios". Para o bem da verdade, cumpre-nos informar que HRCR possui um quadro médico conceituado, que tem sido elogiado pela população, e que obedece a uma escala rigorosa de plantões. Desde o início desse ano, com uma demanda maior de pacientes no Pronto Socorro, a escala nesse setor é composta por um médico em plantão 24 horas e outro que dá suporte ao trabalho a partir do meio dia, diariamente, até a meia noite.

Além desses médicos há médicos no HRCR na maternidade, centro cirúrgico, UTI e pediatria, portanto, dizer que não há atendimento médico, não é verdade.

Segundo: quanto ao caso do internauta exposto na matéria, de fato, no momento em que o paciente procurou o HRCR havia policiamento no PS, mas não "por indignação da população sem atendimento", mas por um caso específico de um paciente alcoolizado que agrediu uma auxiliar de enfermagem no plantão. Para o caso inclusive foi registrado Boletim de Ocorrência na delegacia de Piripiri. 

Terceiro: todos os atendimentos do HRCR hoje possuem acolhimento com classificação de risco. Portanto, tem prioridade aqueles mais graves e de maior urgência. Essa classificação é de acordo com o manual de classificação de risco do governo do estado, baseado em protocolos de atendimento internacionais. Os classificados como azuis ou verdes, seriam casos de atendimento em postos de saúde do município, mas que não encontrando resposta para a sua demanda, acabam buscando acolhimento no HRCR.

Por último, a informação de que pacientes procuram Piracuruca em busca de atendimento pode até ser verdadeira, mas são verdadeiros também os dados de que de 1º de fevereiro a 4 de abril, 52 pacientes foram enviados do Hospital de Piracuruca para o HRCR, via regulação. Ainda há os inúmeros casos que são enviados pela cidade vizinha sem regulação, aumentando o número de piracuruquenses recebidos. 

O Hospital Regional Chagas Rodrigues tem se aplicado na melhoria do serviço e isso também tem sido alvo de elogios na imprensa e nas redes sociais.

No mais, pedimos compreensão a todos para que possamos continuar a prestar sempre um melhor serviço, de acordo com o que a população de Piripiri e região merecem."


Opinião do Autor
A respeito da nota enviada pela diretoria do Hospital Regional de Piripiri, certamente a regulação dos casos devem existir, para que haja celeridade nos casos de urgência e emergência. Sobre o fato do município de Piracuruca enviar pacientes para a Regional, é simplesmente pelo fato da cidade de Piripiri ser uma Regional, o Hospital deve receber pacientes dos municípios que ela faz cobertura, é natural que ela receba pacientes de cidades em que ela abranger atender, o estranho é ocorrer o inverso, pacientes que deveriam receber atendimento na Regional se deslocar a municípios menores para serem acolhidos. A notícia deve servir de alerta, pois houve uma falha e o portal se propõe a conhecer a unidade hospitalar e verificar as condições de atendimento que é prestada a população.


Matéria Relacionada...
Sem atendimento médico em Piripiri cidadãos procuram Piracuruca pelo excelente serviço prestado

Notícias Relacionadas

Piripiri 8012228964814834581

Publicidade

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item