"No Piauí, 90% das instituições bancárias erram na segurança", desabafa Fábio Abreu

O secretário Estadual de Segurança Pública, Fábio Abreu, informou nesta quinta-feira (2) que mais de 90% das instituições que trabalham com transporte e armazenamento de dinheiro no Estado apresentam falhas na segurança privada. O alerta foi para os bancos, agências e transportadoras com sede no Piauí. 

“O grande problema que vejo hoje é a fragilidade do local que é guardado o dinheiro, muitos sem câmera, sem segurança, sem reforço no plantão”, ressaltou Fábio Abreu.

Hoje, a Polícia Civil divulgou a prisão de um dos integrantes da quadrilha que assaltou e sequestrou a gerente do Banco do Brasil da Ceapi (Central de Abastecimento do Piauí). 

Sobre o assalto ao Banco do Brasil da Ceapi, Fábio Abreu citou a falha na agência. “Não justifica uma instituição bancária ter no seu hall de entrada uma porta que uma criança joga uma pedra e ela quebra. Se é banco, e se tem dinheiro, no mínimo e reforçar segurança e criar barreiras para dificultar a ação dos criminosos”.

“Mais de 90% das instituições bancárias têm falhas na segurança privada. Eles se preocupam mais com aparência da instituição e não com relação à segurança. Tem instituição que investe em segurança e ela não perde, colocam equipamentos que destroem dinheiro, joga tinta, mancha e tem espécie de fumaça com espuma e por mais que o assaltante esteja utilizando uma lanterna ou máscara, ele não consegue se movimentar na agência”, informou Fábio Abreu. 

Protocolo
O secretário ressaltou ainda que a maioria não usa protocolo o que impede assalto com sequestro de gerente de banco.

“Se o individuo sabe que ao pegar um gerente como refém para assaltar um banco e ele sabe que essa mesma agência tem protocolo, ele saberá que jamais conseguirá acessar um cofre, então ele não vai pegar o gerente”, afirmou.

Fonte: www.cidadeverde.com

Notícias Relacionadas

Piauí 5947614816782810313

Publicidade

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item