Homem sofre sequestro relâmpago em Piripiri e é abandonado em matagal

Mais um mistério em Piripiri. Um homem sofreu um sequestro relâmpago, agredido e abandonado em um matagal na região da rampa da bananeira. 

A vítima disse em entrevista que era por volta de 16h 40min de terça-feira (01/11), havia acabado de descer da moto para entrar em uma loja, próximo ao Bell Skina. De repente chegam três homens em um carro modelo gol, branco. 

"Desceu um, que já pegou a moto e os outros me chamaram pro carro, baixar a cabeça e ia ficar 'de boa'. (...) Na saída da cidade, colocaram um capuz, tipo um saco na cabeça", relata a vítima.

A vítima conta ainda que sofreu agressões. Uma pancada na cabeça o deixou desacordado. Ele acordou por volta de 4 horas da madrugada dessa quarta-feira (3), desconhecendo o que houve nas horas que antecederam, em um matagal após a rampa da bananeira. Ao lado dele, o celular e a carteira, contendo R$ 280, e documentos. Os indivíduos não levaram nada de valor, o que deixa o caso mais intrigante ainda. 

"Só não tava a chave da moto. Não tava mais no lugar. E também o pneu da frente tava travado", conta.

A vítima do sequestro relâmpago acredita que foi pego por engano e que a intenção era de matar o alvo procurado. "Naturalmente, eles estavam atrás de alguém pra executar, porque lá onde eles me deixaram é um lugar onde não vai ninguém", comenta.

A Força Tática foi acionada e fez buscas pela cidade. Há informação de que um carro com as mesmas características foi perseguido na BR 343, na altura do bairro Prado, mas acabou conseguindo fugir pelo bairro.

Fonte: www.piripirireporter.com

Notícias Relacionadas

Policial 1072311755031241178

Acessos

Inscreva-se

FACEBOOK

Arquivo de Notícia

Parceiros

item