terça-feira, 25 de novembro de 2014

Homem dá calote em jovem e leva moto em Piracuruca, câmeras flagram o acusado

No dia 15 de novembro o funcionário de uma pousada em Piracuruca, o menor de 17 anos, de iniciais: L.R.O, foi vítima de calote de homem que se hospedou no estabelecimento. O mesmo se apresentou como Marcos Oliveira, não cadastrou nenhum documento de identificação.

Informações sobre o meliante consta que ele aparentava ter uns 40 anos, apresentava defeito no olho direito, por isso sempre andava de óculos e tinha o cabelo ruivo.

O moto taxista que o levou até a pousada informou que ele havia chegado em um ônibus que vinha do Ceará.

O acusado em conversa com o menor, perguntou se ele tinha uma moto e que gostaria de alugar, até porque ele estava hospedado na pousada e ficaria mais fácil a convivência.
O menor alugou a moto por um período de 3 horas, o homem pagou a conta da pousada, saiu e desapareceu, levando a moto modelo CG Titan de placa: LVW-3925 de Piracuruca, CHASSI: 9CZKC08104R049225.

Ao vasculhar o apartamento onde o acusado se hospedou, foi encontrado uma calça, uma camisa e uma mochila que continha um cartão de visita de um salão de Poranga no Ceará, a vítima ligou para o número que havia e ao falar com a proprietária do salão, ela alertou que ele também havia deixado um débito no estabelecimento.


A vítima oferece uma generosa gratificação para quem ajudar com alguma informação verídica, telefone para denuncias (86) 9912-2650.

Veja as imagens do circuito interno

Piracuruquense é denunciado em Brasília por espancar a ex-mulher e é matéria de TV

Uma mulher foi espancada pelo ex-companheiro em Valparaíso (GO, região do Entorno no Distrito Federal) e decidiu criar uma rede de informações para evitar que ele fique impune.
Após sofrer a agressão, ela enviou mensagens à família, amigos e conhecidos e divulgou informações sobre ele na internet, na esperança de que ele pague pelo que fez.
— Se ele fizer isso de novo, todo mundo vai saber que foi ele, disse a vítima, que não quis ser identificada.
A jovem também registrou ocorrência na Delegacia da Mulher.
Este ano, Valparaíso soma sete mil ocorrências de agressões contra mulheres, quase o dobro do ano passado.
A jovem foi espancada enquanto falava ao telefone, após voltar de uma festa. Eles ficaram juntos por seis anos e têm um filho.
Fonte: www.noticias.r7.com

O Homem conhecido como "Alex Tiririca", é natural de Piracuruca e já havia se mudado para Brasília há alguns anos, por meio de mensagem via whatsapp enviada a amigos, ele tenta se defender da acusação e diz arrependido da besteira que cometeu.

Georgiano Neto, do PSD, é convidado para presidir Partido Liberal no Piauí

O deputado estadual eleito pelo PSD, Georgiano Neto, foi convidado pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, para presidir o Partido Liberal (PL) no Piauí. Georgiano Neto já tratou sobre o assunto com Kassab em uma reunião em Brasília, que também contou com a presença do deputado federal Júlio Cesar, pai de Georgiano e presidente do PSD no estado.
A ideia de Gilberto Kassab é recriar o PL para atrair políticos com mandatos e ampliar seu poder no cenário político nacional. No Piauí, um grupo político liderado por Walter Brito já recolhe assinaturas para recriação do partido e a ideia é formalizar o PL já no primeiro semestre de 2015. De acordo com Georgiano, não há nada de conclusivo e as conversas ainda estão em andamento.
“Recebi uma ligação do ex-prefeito Gilberto Kassab me convidando para uma reunião em Brasília. Lá, ouvi atentamente sobre a ideia e não fechamos portas ao diálogo. Uma decisão só será tomada depois de avaliar todas as questões” – afirmou Georgiano, que nas eleições de outubro foi eleito o deputado mais jovem do Brasil, com 21 anos de idade completados no último domingo (23).
Em vários Estados, os presidentes das comissões provisórias do PL são lideranças políticas do PSD. Em nível nacional, discute- -se a possibilidade do partido ser apenas uma forma de receber deputados eleitos, que migrariam de partido e se utilizariam de uma “janela” de 30 dias para não correrem riscos de serem enquadrados na Lei da Infidelidade Partidária. É que, de acordo com a legislação, um político não pode mudar de partido se ele estiver sido criado há mais de 30 dias.
Fonte: www.portalodia.com

Mais informações sobre a tragédia em Parnaíba, 3 mortes no Porto das Barcas

No início da noite desta segunda-feira (24), uma discussão entre empresários de Parnaíba que atuam no setor de turismo terminou com três mortes no Porto das Barcas, em Parnaíba, litoral do Estado.
Usando um revólver calibre 38, o empresário Edilson Galeno Brito efetuou disparos contra o também empresário Mateus Portela, e, em seguida, acertou acidentalmente a própria esposa, Maria do Socorro Morais, que tentava impedir o marido de disparar contra a outra vítima.
Por fim, o acusado se trancou no banheiro de um restaurante da cidade e disparou contra a própria cabeça. Segundo testemunhas, a sequência de mortes teria ocorrido após uma ríspida discussão entre os dois empresários do setor de turismo.
Gravemente ferido, Mateus Portela chegou a ser levado para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
As investigações do caso estão sendo conduzidas pelo delegado geral de Parnaíba, Artur Leal, e pela delegada Maria de Jesus, titular da Delegacia da Mulher da cidade.
Mateus Portela foi morto pelo empresário Edilson Galeno Brito, que disparou acidentalmente contra a própria esposa, Maria do Socorro Morais, e, em seguida, cometeu suicídio.

Edilson Galeno Brito, acusado de dispartar contra Mateus Portela e contra a própria esposa, Maria do Socorro Morais. Ele cometeu suicídio em seguida.





Segundo a delegada, ainda é cedo para determinar com certeza as circunstâncias em que a tragédia ocorreu. Porém, já foi possível descartar a hipótese de crime passional. "O casal tinha um relacionamento harmonioso e não houve nenhum indício que apontasse para essa tese", afirma Maria de Jesus.
O casal era proprietário da empresa Morais Brito Tour, e o empresário Mateus Portela era dono da Clip Ecoturismo Aventura.
Fonte: www.portalodia.com

Informação extra-oficial
Imagem ilustrativa
Mateus Portela e seu pai, havia à pouco tempo adquirido uma grande embarcação para transporte de passageiros, a mais luxuosa do mercado conhecida como catamarã, Edilson Morais Brito apreensivo com a forte concorrência que já existia e com receio de perder freguesia, já havia ameaçado os empresários por conta da disputa, dias após a discussão, reconhecendo o desequilíbrio gerado por ele, Edilson Morais foi ao encontro de Mateus pedir desculpas e se colocar a disposição para trabalhar juntos, o jovem ainda ressentido com o desentendimento, não aceitou e logo iniciou outra briga, Edilson tinha porte de arma e estava munido de seu revólver, a mulher de Edilson quis separar a confusão, mas ao se colocar a frente do atirador foi vítima de um disparo logo vindo a óbito, transtornado por ter assassinado a própria mulher, logo efetuou vários disparos contra Mateus, um funcionário do jovem empresário conhecido como Felipe presenciou toda a cena, só não foi mais uma vítima do assassino porque a arma de Edilson descarregou e Felipe fugiu, Edilson vendo todo o cenário devastado por sua ação criminosa, desesperado foi ao banheiro do restaurante próximo e tratou de dar fim ao pesadelo e terror que havia proporcionado.
O instrutor de vôo paramotor Angelo Carvalho, conhecido dos piracuruquenses, tinha uma aproximação amigável com a vítima Mateus Portela, ele era seu aluno na escola de aprendizagem e nos cedeu entrevista, falou da relação tempestuosa que havia entre os dois empresários do ramo do turismo.
"Eles tinham uma relação de concorrentes, não acredito nas notícias que relatam crime passional, Mateus era muito bem resolvido amorosamente, era uma cara jovem, bonito, não acredito que tudo isso tenha sido ocasionado por ciúmes".
"Eu ainda estou sem acreditar, estávamos planejando realizar alguns vôos nas férias, estou tentado sair de Teresina, ir para lá e dar meu adeus, mas tá difícil, gostaria de ficar na lembrança a imagem dele bem e saudável, era uma pessoa inteligente, muito fácil de fazer amizade, sabia viver a vida dele, tinha um futuro brilhante, deixa pai, mãe, irmã e sua namorada, todos devem estar totalmente abalados com tudo isso que aconteceu, deixo aqui minha força aos familiares e amigos", finalizou.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Tragédia em Parnaíba: Empresário de Turismo mata esposa, mata jovem e comete suicídio

Ao final da tarde dessa segunda-feira(24), no terminal Turístico do Porto das Barcas em Parnaíba, o empresário tido como o Rei do Delta Edilson, da Morais Brito Turismo, matou a esposa de nome Socorro Brito, e na sequencia atirou contra o empresário da Clip Turismo, Mateus Portela, levando cerca de dois tiros.
 
Após fazer os disparos, Edilson seguiu para o restaurante Novo Rios, entrou no banheiro e se atirou, cujo projetil teria acertado a região do pescoço, que chegou a ser socorrido com vida e encaminhado ao Heda, indo a óbito ao dá entrada naquela unidade de saúde. 
 
As informações são que Mateus Portela levou dois tiros, um atingiu o ombro e o outro atingiu a barriga, sendo socorrido e encaminhado ao centro cirúrgico do Heda, mas não resistiu e veio à óbito.
 
O corpo de Socorro Brito permanecia no local a espera do IML.
 
Banheiro onde o empresário tentou contra própria vida depois que efetuou os disparos.
Arma do empresário usada para fazer os disparos
Fonte: www.portaldocatita.blogspot.com.br

Delegada Andrea Magalhães denuncia crise na segurança pública do Estado

A delegada Andréa Magalhães, presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Civil do Piauí (Sindepol), afirmou que a categoria iniciou uma paralisação de 24hrs por não aceitar o que tem acontecido com a categoria, que quer melhores condições de trabalho e que seja pago o reajuste salarial que ficou acertado no ano passado, no governo de Wilson Martins (PSB).
A delegada criticou o acúmulo de funções dos delegados e afirmou que isso não será mais permitido. ”Existe um acúmulo ilegal de cidades. Tem delegado respondendo por 14 cidades e agora ele vai responder por apenas uma. Temos 56 delegados no interior para 224 municípios. Então infelizmente o governador vai ficar sem delegado em mais ou menos 150 cidades. Quero ver ele suprir essa falta, pois para o servidor trabalhar ele precisa ser renumerado. Esses valores foram aprovados em lei, desde o ano passado. Eu peço ao Ministério Público para tomar uma atitude imediata”, disse.

Andréa Magalhães afirmou que a crise na segurança pública chegou ao ponto de a categoria não conseguir exercer com as suas funções, nem mesmo em crimes hediondos, como homicídios.
“As unidades no interior estão sem viatura. Algumas foram recolhidas por falta de pagamento. Outras não têm combustível. Gostaríamos de saber como fica a situação do policial que quer sair para uma diligência, mas não tem nem viatura e nem combustível. Essa é uma paralisação de advertência para a população saber como a segurança pública é tratada pelo Estado. Temos péssimas condições de trabalho, estamos sem viatura, sem combustível, sem efetivo, com acúmulo de funções, sem condição de prestar serviço e no final das contas, o servidor não é valorizado e ainda tem o próprio salário colocado em risco”, disse.
A delegada pediu que o governador se manifestasse sobre a situação. “Queremos que o governador apareça e mostre que vai honrar com os seus compromissos. O governo nos disse que não iria cumprir com o reajuste, mas nos causa estranheza uma crise que chegou da noite para o dia. Até a campanha política dizia que o governo não estava em crise e agora se alardeia essa crise financeira sem condições de pagar se quer o funcionalismo público”, disse a delegada.

TRE aplica multa de R$45 mil em Zé Filho e inocenta Silvio Mendes

Em votação unânime, ocorrida hoje (24), o Tribunal Regional Eleitoral decidiu aplicar multa no valor de R$45 mil ao atual governador Zé Filho (PMDB) e inocentar o ex-candidato a vice-governador Silvio Mendes (PSDB) das acusações da ação judicial ajuizada pelos advogados da coligação ‘A vitória com a força do povo’.
A ação da coligação do então candidato ao governo do Estado, Wellington Dias (PT),  foi realizada no início da campanha eleitoral de 2014 e denuncia que eles fizeram propaganda institucional irregular, conduta vedada a agente público e abuso de poder político durante o pleito.
De acordo com o advogado responsável pela acusação, Daniel Oliveira, a corte decidiu não aplicar a inelegibilidade nos ex-candidatos porque entendeu que as irregularidades cometidas por eles não são consideradas graves. “Apesar de respeitar a decisão do TRE, nós vamos recorrer à Brasília para que Silvio Mendes também pague multa e os dois sejam declarados inelegíveis nas próximas eleições”, afirmou Oliveira. 
A equipe de jornalismo tentou contato com os advogados de defesa os ex-candidatos Zé Filho e Silvio Mendes, mas  as ligações da reportagem não foram atendidas. 
Fonte: www.portalodia.com

Festa do Leite foi um grande sucesso de organização e público

De 20 a 23 de novembro de 2014, aconteceu no espaço de eventos tradicional de São José do Divino a 26ª Festa do Leite & Feira Agropecuária. Foi um sucesso, batendo recorde de público, négocios e também no Torneio Leiteiro, atingindo seu objetivo de ser um evento familiar.
 
As empresas parceiras bateram suas metas comerciais, os produtores, estrelas da Festa a todo o momento foram ressaltados e valorizados, pois são de suma importância para o desenvolvimento socioeconômico do município. 

O que fica são as saudades, no entanto que venha a 27ª edição do evento, que com certeza e apoio de todos tem tudo para ser também uma linda Festa e mais uma vez bater recordes de público, negócios, participação de produtores e famílias.

Parabéns pela organização!


PIAUÍ CAP é matéria de destaque no Fantástico do último domingo

piauicap4.png
R$ 1,8 milhão. Esse era o valor que deveria ter sido repassado pelo Instituto Ativa Brasil para o Lar da Esperança, em Teresina. O instituto, que recebia os valores do direito de resgate do Piauí Cap, é alvo de uma investigação da Polícia Federal e foi tema de reportagem especial exibida neste domingo pelo Fantástico. O grupo que mantinha pelo Brasil títulos de capitalização e bingos, além da prática do jogo do bicho e máquinas caça-níqueis, é acusado de contrabando, crime contra o Sistema Financeiro Nacional, jogo de azar e lavagem de dinheiro.
O repórter Mauricio Ferraz veio ao Piauí, e em Teresina visitou o Lar da Esperança. Do Ativa Brasil, a instituição recebeu apenas R$ 72 mil. O dinheiro que não chegou se reflete em problemas de infiltração no teto, portas enferrujadas, instalações sem muita estrutura.
Era para o Instituto Ativa Brasil que o Piauí Cap prometia entregar os 50% do resgaste do título de capitalização, que o apostador se comprometia em doar no ato da compra da cartela. Só que após inúmeras denúncias do Ministério Público, a PF inciou a investigação que descobriu que grande parte do dinheiro recebido pelo Ativa Brasil era repassado para uma empresa de publicidade.
piauicap1.png
Acontece que esta empresa era da família Paschoal, os mesmos donos da Sulamérica Seguros S. A – Sulacap, organizadora dos títulos de capitalização. Para o MP, nada, até agora, explica tanto gasto com publicidade.
piauicap2.png
Graça Cordeiro, diretora do Lar da Esperança, consegue hoje dinheiro para manter as 150 pessoas que dependem da instituição com a coleta de material reciclável em lojas de Teresina. Já são 25 anos de trabalho em prol de pacientes portadores do vírus da Aids. Ela comprava inclusive os títulos de capitalização, com a esperança de que sorteada, pudesse ajudar a instituição.
Os títulos de capitalização eram vendidos em nove estados e davam direito a concorrer em sorteio de prêmios, feitos todos os fins de semana. As cartelas, vendidas por R$ 5 cada um, só poderiam ser comercializadas se o direito de resgate fosse cedido a uma instituição de caridade. Neste caso, a Ativa Brasil recebia os valores, mas também participava da fraude.
piauicap6.png
O dinheiro deveria ser repassado a 26 entidades em nove estados. E até repassava um pouco, para não “chamar atenção”. Porém, a maior parte do dinheiro era desviado.
Dona Graça conta que a ajuda começou há três anos, quando todas as contas de luz atrasadas foram pagas pelo Ativa Brasil. De lá pra cá, R$ 2 mil era repassado por mês, somando uma quantia de R$ 72 mil. Mas o repasse deveria ser bem maior, de pelo menos R$ 1,8 milhão.
dinheiro.png
Nas contas feitas pela Polícia Federal, com dados sobre a venda de pelo menos 200 milhões de bilhetes em um ano pelo Brasil, o que deveria ter sido repassado para as instituições pode chegar a R$ 500 milhões.
piauicap7.png
Christiano Rocco Carneiro, além de seus sócios Cláudio da Rocha Paschoal Filho, Hermes Coutinho Paschoal, Gustavo Coutinho Paschoal e Júlio Emílio Cavalcanti Paschoal Neto, foram identificados como operadores do esquema de fraude. Eles montaram um verdadeiro império em Pernambuco.
piauicap8.png
O advogado dos irmãos Paschoal nega a fraude. “Essas pessoas não se apropriaram desse dinheiro nem deram outra destinação. A destinação foi as entidades que se beneficiaram com a filantropia do grupo ativa”, afirma Ademar Rigueira.
Segundo a polícia, o dinheiro que deveria ser doado para as instituições voltava para os irmãos Paschoal, seguia o seguinte esquema: os títulos eram vendidos e parte da arrecadação repassada para a Ativa Brasil. O instituto pagava uma outra empresa para fazer a propaganda dos sorteios e gastava, com isso, quase todo o dinheiro que recebia. O detalhe é que essa empresa de publicidade também pertence aos irmãos Paschoal.
APÓS OPERAÇÃO, PIAUÍ CAP DIZ QUE REALIZA ATIVIDADE LEGAL
Na manhã seguinte à deflagração da Operação Trevo da Polícia Federal, que culminou em buscas na sede do Piauí Cap em Teresina, a assessoria jurídica do título de capitalização encaminhou à imprensa, nota esclarecendo sobre o funcionamento da loteria no Piauí. O texto da nota inicia afirmando que a Sulamérica Capitalização S/A detém a propriedade do Piauí Cap, como uma das “mais antigas do segmento no país”.

PARA O MPF, PIAUÍ CAP NÃO É TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO
A Justiça acolheu o entendimento do MPF de que na prática o Piauí Cap não se trata de um título de capitalização, conforme autorizado pela SUSEP, mas tão somente a venda, pura e simples, do direito de participação em sorteios de prêmios; o que na prática, segundo a Justiça, confira fraude à autorização concedida. 

MPF JÁ HAVIA PEDIDO CONDENAÇÃO DO PIAUÍ CAP
O procurador da República Kelston Pinheiro Lages já havia ingressado em maio de 2012 com uma ação civil pública com pedido de tutela antecipada contra os donos do Piauí Cap. Na ação o procurador requeria que a Justiça Federal determinasse de imediato, através de liminar, a condenação dos réus, por sentença, a título de dano moral coletivo, ao pagamento do valor de 10 milhões de reais, que seriam revertidos em um fundo. 

PIAUÍ CAP SUSPENDE OS SORTEIOS APÓS OPERAÇÃO DA PF
O advogado do Piauí Cap, Igor Cavalcante, confirmou o sorteio do título de capitalização está suspenso. Segundo ele, os apostadores que compraram a cartela desta semana podem se dirigir ao prédio do Piauí Cap na Frei Serafim para pegar o dinheiro de volta. A venda está suspensa conforme determina a justiça após a operação Trevo deflagrada pela Polícia Federal.

PIAUI CAP MANDA RECOLHER SELOS DAS REGIONAIS EM THE
Os gerentes das regionais mandaram recolher os selos e todo material de comercialização dos títulos de capitalização. Muitos vendedores de cartelas sequer saíram de casa ou montaram seus postos de venda e na tarde de hoje foram à sede do Piauí Cap entregar os selos e pegar o dinheiro. No local, nem se comenta sobre a operação. Sem falar do site do Piauí Cap e da página do Facebook, que foram removidas após a operação. 

PF DIZ QUE SÓ 1,67% FOI REPASSADO PARA INSTITUIÇÕES
A quadrilha atuava através de loterias estaduais, que deveriam ter 50% dos valores arrecadados destinados á instituições filantrópicas. Entretanto, apenas 1,67% do valor era, de fato, enviado. O restante do dinheiro era encaminhado ao Instituto Ativa Brasil, em Belo Horizonte, que possuía funcionários ligados ao esquema e, dessa forma, o dinheiro retornava à empresa. De acordo com a polícia, nos últimos quatro anos, mais de R$ 400 milhões teriam sido desviados do instituto.

Fonte: www.180graus.com

Nos pênaltis, Brasileira é campeã da Taça Norte de 2014

Foi com emoção, muita emoção, que a Taça Norte de Futebol Amador de 2014 conheceu seu campeão inédito na tarde de domingo (23/11), no Campo do estádio Doca Ribeiro, em Piracuruca, diante de um bom público que prestigiou a grande final entre Brasileira x José de Freitas. Após 1 a 1 no tempo normal, em uma partida equilibrada, a equipe de Brasileira levantou o troféu, com uma vitória por 4 a 2 nas cobranças de penalidades. De quebra, além do título inédito, levantando a belíssima taça de campeão, conquistou o troféu de melhor goleiro e o time ainda levou como premiação R$ 4 mil em dinheiro.
A equipe de José de Freitas mesmo com o vice-campeonato, foi premiado com R$ 2 mil em dinheiro, levou pra casa o troféu de vice e ainda conquistou o troféu de artilheiro.
O evento contou com a presença do prefeito Dr. Raimundo Alves Filho, vice-prefeito Bebé, secretário de Esportes Luciano Sousa, idealizador do evento, vereadores e secretários de Piracuruca, além dos secretários das cidades competidoras.
O campeonato foi longo, teve início em abril e treze equipes participaram da competição. O prefeito Dr. Raimundo fez questão de parabenizar a equipe da Secretaria de Esportes em especial Luciano Goiaba, por promover eventos como a Taça Norte, que leva o nome da cidade de Piracuruca a toda região norte do Estado.